sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

     No âmbito do aniversário da Declaração dos Direitos Humanos( 10 de dezembro), a equipa da biblioteca escolar promoveu uma palestra sobre " o papel dos Direitos Humanos para o desenvolvimento", em cada uma das escolas com 2º e 3º ciclos do AEVV, proferida por Bernardino Silva, presidente da Comissão Justiça e Paz de Braga, representante de Portugal na comissão Europeia para Dias Sociais Europeus e participante em vários congressos nacionais e Internacionais sobre Cooperação, Desenvolvimento e Ajuda Humanitária.
     Na EB MEA, os alunos leram alguns dos Direitos Humanos. De realçar, ainda, o excelente comportamento de todos os alunos e a atenção que este assunto mereceu.
Obrigada a todos!





terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Escola inclusiva
No dia 4 de Dezembro de 2017, no sentido de dar voz à escola inclusiva, partilhamos atividades na BE MEA, onde alunos com e sem deficiência participaram de forma igual, quebrando barreiras.

OBRIGADA às turmas, aos alunos e professores presentes.




quarta-feira, 29 de novembro de 2017

ESTENDAL DE LEITURA
Alunos premiados com o comentário mais criativo:
Duarte Gama 6º C;Mariana 6º E; Daniela Costa 6º A; Fátima 6º A;Frederico 6º A;
 Margarida Gama 5º C; Maria Soares 5ºD
PARABÉNS!!!



quarta-feira, 22 de novembro de 2017

MAIS UMA PARTILHA
Na BE MEA, Pais/ Encarregados de educação também nos contam histórias.
Ainda no âmbito dos direitos da Criança, Raquel Oliveira, a mãe de uma aluna da turma 27 (2º ano) teve a amabilidade e o gosto de partilhar connosco a maravilhosa história de César Madureira "A MENINA QUE VOLTOU A SER MENINA". A história desenrola-se na Guiné e a personagem principal é uma menina, a Iolanda que tinha um segredo e um sonho... (E mais não digo).
Tivemos ainda a oportunidade ver imagens da história que a enc. de educação organizou e, com a professora Cecília, através de um jogo, descobrimos a diferença entre "direito" e "desejo".
Convidamos as turmas do JI do Pico de Regalados que nos brindaram com a canção "A amizade"

Eu quero dizer bem alto e repetir como na canção: Tu podes chorar, tu podes sorrir, tu podes cantar, que um amigo vai ouvir! Ter amigos é tão bom!

O nosso MUITO OBRIGADA muito especial à mãe Raquel, às professoras e educadoras presentes
 e aos alunos, por este momento tão meigo e reconfortante!








segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Dia Universal dos Direitos da Criança

Para comemorarmos  o aniversário da adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança, hoje, na nossa biblioteca realizamos uma atividade diferente: A encarregada de educação de um aluno da turma 28 (2º ano) Paula Mendes, contou-nos a história "O Voo do Golfinho" do escritor angolano Ondjaki. A professora Paula falou-nos um bocadinho do escritor e da vida de algumas crianças em Angola. Os alunos expressaram a sua opinião sobre o direito "de proteção contra maus tratos e negligência", direito tão importante para as crianças. Convidamos as turmas do JI e do 1º ano para assistirem e foi um momento maravilhoso de partilha. O desafio foi lançado e ficou a promessa de novas partilhas...

O nosso MUITO OBRIGADA à encarregada de educação e à turma 28. Estão de PARABÉNS








quinta-feira, 9 de novembro de 2017

No dia 8 de novembro, o grupo Eco Escolas da Escola Profissional Amar Terra Verde, veio à EB MEA partilhar com os alunos a mensagem "CicloFloresta", num ALERTA para a necessidade urgente de protegermos a Floresta dos perigos que a ameaçam.
O CicloFloresta apresentou-se com 30 ciclistas, 10 “atrizes” de entre outros, que se propuseram fazer um percurso de 40 Km, visitando oito escolas do concelho de Vila Verde.
Deixaram a MENSAGEM e também um castanheiro para plantarmos no nosso jardim.
Para todos
O nosso Muito Obrigada

A equipa BE



terça-feira, 31 de outubro de 2017

MIBE- Ligando culturas e comunidades
Terminamos em grande a celebração do Mês Internacional da Biblioteca Escolar, com a nossa convidada Ana Caridade que veio partilhar com os alunos o seu projecto “Mosaico” e a sua experiência, como voluntária em África. A Ana mostrou aos alunos todo o processo de criação de várias bibliotecas em Cabo Verde e desafiou-nos a colaborar com ela no projecto, mas agora em S. Tomé.

Foram vários os momentos em que partilhamos e ligamos culturas, tendo como base, quase sempre a língua portuguesa.












SAÍMOS TODOS MUITO MAIS ENRIQUECIDOS!
VALEU O TRABALHO E A PARTILHA

OBRIGADA  A  TODOS